MAIS NESTE BLOG

Cadastre-se e receba os boletins do Blog Chicago Pneumatic

Indique o recebimento do Blog Chicago Pneumatic a um amigo

Cancele o recebimento dos boletins do Blog Chicago Peumatic


Home Page > Ferramentas para Construção

Princípios essenciais de rompedores hidráulicos embarcados – parte 1

Rompedores hidráulicos embarcados são amplamente utilizados em aplicações como renovação de construção e demolição, construção rodoviária, fundação e trabalho em pedreiras (demolição secundária) e reparação de estradas.

Possuem excelente relação entre a alta energia de impacto que entregam, e o baixo ruído e vibração que produzem. Se especificados e aplicados corretamente, garantem alta produtividade com baixa manutenção e alta durabilidade.

Estrutura do Rompedor Hidráulico

Estrutura de um rompedor hidráulico embarcado

Podemos dividir estes equipamentos em três categorias, no que se refere à sua potência e peso: pesados (de 1800 a 4200 kg), médios (de 800 a 1500 kg) e leves (de 94 kg a 380 kg).

Os rompedores hidráulicos embarcados podem ser acionados por uma variedade de veículos portados, respeitando sua classe de peso.

Alguns tipos de veículos portadores

O princípio de funcionamento dos rompedores hidráulicos se baseia na transformação de energia hidráulica em energia mecânica. A bomba hidráulica do portador gera a energia para acionar o rompedor. O mecanismo de percussão transforma a energia hidráulica em energia cinética (aceleração do pistão). O pistão acelerado transmite a energia cinética através dos ponteiros ao material que se deseja quebrar.

A partir destes princípios básicos, existem algumas variantes que podem fazer grande diferença na performance, manutenção e custo de propriedade. Vamos abordar isso no próximo post.



Bem-vindo ao blog da Chicago Pneumatic Constructions Technique!

Leia mais



Lubrificantes para equipamentos de construção - princípios básicos.

Leia mais



Geradores em condomínios: o que é melhor? Estacionário ou portátil?

Leia mais



Poços artesianos: entenda a relação entre pressão e vazão do ar comprimido e a performance da perfuração

Leia mais


Todos os posts deste canal   

Blog Chicago Pneumatic - Todos os direitos reservados © 2018