MAIS NESTE BLOG

Cadastre-se e receba os boletins do Blog Chicago Pneumatic

Indique o recebimento do Blog Chicago Pneumatic a um amigo

Cancele o recebimento dos boletins do Blog Chicago Peumatic


Home Page > Energia Portátil

Regimes de carga em geradores – parte 2 – Energia prime.


No post anterior vimos a aplicação mais comum dos geradores de energia – o regime Stand-by. Mas existem situações onde eles devem funcionar em tempo integral, é o que chamamos de regime prime.

Assim como no Stand-by, aqui também existem subcategorias.


Operação por tempo ilimitado

Neste tipo de aplicação o gerador não para nunca, exceto quando manutenções são necessárias e quando o fornecimento da concessionária não é confiável ou está indisponível.

Neste dimensionamento o fator de carga média diária não deve exceder 70% com carga variável. Deve considerar também sobrecarga de 10% por um período de 1 hora a cada 12 horas, limitado a 25 horas por ano.


Operação por tempo limitado

Aplicam-se para fornecimento em horários programados. Um caso típico são os horários de ponta e, também, vemos muito em eventos onde não se tolera nenhuma interrupção, mas, ao mesmo tempo, se trata de um uso por apenas algumas horas.

Como o custo de uma instalação conjugada com no-break não compensa, o gerador é utilizado como única fonte de energia, ao invés da concessionária.

Não há necessidade de reserva de potência ou potência de sobrecarga.

Uma diferença importante entre o fornecimento ilimitado versus limitado, é que no primeiro caso precisa-se considerar a necessidade de mais de um gerador. Se não houver a possibilidade de uso da rede comercial de energia, em caso de manutenção imprevista ou programada, então se faz necessário o uso de um segundo gerador em stand-by ou então o fornecimento da energia pela combinação de dois ou mais geradores em regime de balanceamento de carga, o que é ideal para obter a máxima performance com o mínimo de manutenção e prolongando a vida útil.

Falaremos mais sobre isso em outro post. Acompanhe o blog da Chicago Pneumatic e fique sempre atualizado e bem informado!



Continue lendo e acompanhe o blog da Chicago Pneumatic Construction Technique por E-mail, Facebook ou LinkedIn.

 



Bem-vindo ao blog da Chicago Pneumatic Constructions Technique!

Leia mais



Lubrificantes para equipamentos de construção - princípios básicos.

Leia mais



Princípios essenciais de rompedores hidráulicos embarcados - parte 1.

Leia mais



Poços artesianos: entenda a relação entre pressão e vazão do ar comprimido e a performance da perfuração

Leia mais


Todos os posts deste canal   

Blog Chicago Pneumatic - Todos os direitos reservados © 2018